segunda-feira, 4 de maio de 2009

Até que fim.

Com todo esse tempo que estava por fora do mundo
virtual, nada melhor do que a imaginação para nos dar
esperança e nos fazer pensar bobagens!

Fiquei um tempo sem poder mandar mesagens para
o celular do "queridinho" como diria meu irmão...
e não podia fazer mais nada, além de imaginar o que
estava se passando por ai...
Sem poder me comunicar com você, acredite foram
os dias mais longos desse periodo...
Pensei tanta besteira, e Aline quase teve um tréco do
coração de tanto que teve que me consolar, afinal
é bom ter irmã mais velha, ela sempre nos faz ver o
lado possitivo das coisas, "quando é que tem lado
possitivo". Quase quiz matar uma pessoa que nem ao
menos conheço! mesmo assim, quase tive certeza que
tudo era intriga, ou talves até uma macumba para
que a internet não pegasse e que tudo coperava
para um fim tragico, daquilo que ao menos tinha começado!

Começar... começou! mais não estamos nem a metade
desse futuro feliz!

Tudo passou, e tudo passa com simples sentimentos,
traduzidos em palavras que você me manda pelo celular,
do outro lado do País... Isso me traquiliza!
Obriigada Deus pela internet que me volta, pela
esperança que me renova!

Nenhum comentário: