quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Talves Tudo, Talves Nada!

Um calor, um medo! O tempo Para, e não vejo mais ninguém! Você me olha como uma criança inocente. Aceito tudo acenando com a cabeça - Que sim - Nem parece aquela pessoa que me deixou noites sem durmi, que me fez chorar...
& agora me aparece, o que eu evitei na maior parte de minha vida esta acontecendo de novo?
Por favor diga que não!
Meu coração não pode te aceitar como se nada tivesse acontecido, Talves Nem tenha...
Ah você, que desaparece dos meus olhos Mas insiste em me pertubar os sonhos!
Que tem um sorriso inocente porém Pertubador!
Que reaje nas horas inesperadas!
E com apenas um olhar é capaz de fazer minha vida desandar!
Você que consegue fazer-me esquecer o passado e parar no Tempo!

Você ~ Talves Tudo, Talves Nada!