terça-feira, 20 de outubro de 2009

Vendo de outro ângulo.

E quando eu cheguei lá era uma sensação diferente, não tinha a obrigação tinha o livre arbítrio.
Parecia que tudo era novo, o ambiente e as pessoas, mais contudo não deixavam de ser conhecidas e imprevisíveis como todos os dias. - Talvez foi o tempo que nos trouxe a saudade - diz uma delas. Talvez tenha sido a pura vontade de mudar.
Mais eu sabia que o que estava acontecendo fazia também, parte do tempo de descanso, que nós precisava mos, não era uma escolha!
Era tudo mais claro e doce, parecia-me um sonho, um sonho real, entende?
E então descobri que a culpa era das benditas lâmpadas novas. (rsrs)


(Filosofando através do ambiente escola, sala de aula)