terça-feira, 20 de julho de 2010

Mesmo quando a boca cala - Vinicius Calderoni

" Foi você me olhar de lado e eu ao lado doido para confessar
Mesmo quando a boca cala o corpo quer falar
Esses gestos incompletos, olhos tão repletos de te desejar
O direito de ir e vir, o desejo de ficar
Tudo isso pra dizer que eu não sei dizer onde é que isso vai dar
Que eu não mando no querer, aliás, é o querer que quer me governar
Hoje eu vivo pra dizer, eu digo pra viver, você é meu lugar
Se o amor não nos quiser, então azar do amor, não soube nos amar... "




Vocês podem ouvir essas musicas aqui:

2 comentários:

Anônimo disse...

Ah, Natália Mallo tbem!!

(esse programa da cultura é tudo de bom!!)

Eu nunca disse adeus.. disse...

Ah! Charlie... me lembrou um momento da minha vida.
"O direito de ir e vir, o desejo de ficar".

Frase inteligente:"Mesmo quando a boca cala o corpo quer fala."

E se o amor não nos quiser... azar o dele ...