quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Lembranças - Fatale

No silêncio das cinco ele acorda e tudo parece já tão distante,
A tristeza de ter que deixar tudo aquilo que viveu pra trás,
Lembranças...

Com o sonho na estrada, o corpo cansado o tempo parece parar,
E uma névoa seguindo seus passos, faz parecer sempre o mesmo lugar,
Vai meu irmão!
Não deixe o destino pra trás!

Não vá...
Dizer que seu sonho termina aqui,
O tempo vai te mostrar, um novo caminho pra te guiar.
Seja lá quem escreva os caminhos, deixe o final pra que você o faça.
Não se prenda ao presente viva o futuro e não olhe pra trás.
Lembranças...

Não vá...
Dizer que seu sonho termina aqui,
O tempo vai te mostrar, um novo caminho pra te guiar.
Vai! Buscar um pouco mais!
Do que a vida traz!
Esperar é a fraqueza de todos mortais!
Que deixam de viver por não acreditar....!
Uooou...Dai!!
Ao sol um novo lar!
Ao céu um novo mar!
À vida a alegria de não se entregar!
Que um dia você vai, sem medo acordar...
Em um mundo onde a estrela é você!

Nenhum comentário: