terça-feira, 28 de junho de 2011

Love is not a finght - Tradução

(Amor não é uma luta)

Amor não é um lugar
Para ir e vir quando quisermos.
É uma casa que entramos
E nos comprometemos a nunca partir.
Então feche a porta atrás de você
Jogue a chave fora.
Vamos Resolver isso juntos!
Deixe que nos leve a ajoelhar.
O amor é proteção
Em uma feroz tempestade,
O amor é paz
No meio de uma guerra,
Se nós tentarmos sair
Que Deus envie anjos para guardar a porta.
Não, o amor não é uma luta
Mas vale a pena lutar por ele.
Para alguns amor é uma palavra
Que eles podem repousar.
Mas quando alguma coisa dá errado
É difícil manter a palavra.
O amor é proteção
Em uma feroz tempestade,
O amor é paz
No meio de uma guerra,
Se nós tentarmos sair
Que Deus envie anjos para guardar a porta.
Não, o amor não é uma luta
Mas vale a pena lutar por ele.
O amor nos salvará
Se nós apenas chamarmos.
Ele não nos pedirá nada
Mas exige tudo de nós.
O amor é proteção
Em uma feroz tempestade,
O amor é paz
No meio de uma guerra,
Se nós tentarmos sair
Que Deus envie anjos para guardar a porta.
Não, o amor não é uma luta
Mas vale a pena lutar por ele!

sábado, 25 de junho de 2011

Você me tira do tédio.

"Um brilho quase trágico naquele olhar
Era um milhão de alarmes pra te avisar
Deixava muito claro que ia precisar
Ser corajoso ou estúpido demais pra amar"

Com todo o tédio possível de ser ter em ficar três dias sem ver o sol, me descarrego no computador e no vídeo game. Já estou cansada das mesmas atividades.
Algumas coisas me preocupam. Mas estou mesmo concentrada na sua falta de ética. Talvez a raiva de você me tire um pouco do tédio.
Agora alimento algo que - antes não me fazia bem - agora já me faz um bom tanto. Ignorar algo que não me faz bem, me faz melhor?
Volta pra o seu mundinho garoto e aprenda o que me ensinou,

Tudo sobre amor e perda.



quinta-feira, 23 de junho de 2011

Ensinamentos de Mãe.

Minha mãe ensinou a valorizar o sorriso.
“ME RESPONDE DE NOVO E EU TE ARREBENTO OS DENTES!”

Minha mãe me ensinou a RETIDÃO.
“EU TE AJEITO NEM QUE SEJA NA PANCADA!”

Minha mãe me ensinou a DAR VALOR AO TRABALHO DOS OUTROS.
“SE VOCÊ E SEU IRMÃO QUEREM SE MATAR, VÃO LÁ PRA FORA. ACABEI DE LIMPAR A CASA!”

Minha mãe me ensinou LÓGICA E HIERARQUIA.
“PORQUE EU DIGO QUE É ASSIM! PONTO FINAL! QUEM É QUE MANDA AQUI?”

Minha mãe me ensinou o que é MOTIVAÇÃO.
“CONTINUA CHORANDO QUE EU VOU TE DAR UMA RAZÃO VERDADEIRA PARA VOCÊ CHORAR!”

Minha mãe me ensinou a CONTRADIÇÃO.
” FECHA A BOCA E COME!”

Minha Mãe me ensinou sobre ANTECIPAÇÃO.
“ESPERA SÓ ATÉ SEU PAI CHEGAR EM CASA!”

Minha Mãe me ensinou sobre PACIÊNCIA.
“CALMA!… QUANDO CHEGARMOS EM CASA VOCÊ VAI VER SÓ…”

Minha Mãe me ensinou a ENFRENTAR OS DESAFIOS.
“OLHE PARA MIM! ME RESPONDA QUANDO EU TE FIZER UMA PERGUNTA!”

Minha Mãe me ensinou sobre RACIOCÍNIO LÓGICO.
“SE VOCÊ CAIR DESSA ÁRVORE VAI QUEBRAR O PESCOÇO E EU VOU TE DAR UMA SURRA!”

Minha Mãe me ensinou MEDICINA.
“PÁRA DE FICAR VESGO MENINO! PODE BATER UM VENTO E VOCÊ VAI FICAR ASSIM PARA SEMPRE.”

Minha Mãe me ensinou sobre o REINO ANIMAL.
“SE VOCÊ NÃO COMER ESSAS VERDURAS, OS BICHOS DA SUA BARRIGA VÃO COMER VOCÊ!”

Minha Mãe me ensinou sobre SEXO.
“…E COMO VOCÊ ACHA QUE VOCÊ NASCEU?”

Minha Mãe me ensinou sobre GENÉTICA.
“VOCÊ É IGUALZINHO AO TRASTE DO SEU PAI!”

Minha Mãe me ensinou sobre minhas RAÍZES.
“TÁ PENSANDO QUE NASCEU DE FAMÍLIA RICA, É?”

Minha Mãe me ensinou sobre a SABEDORIA DE IDADE.
“QUANDO VOCÊ TIVER A MINHA IDADE, VOCÊ VAI ENTENDER.”

Minha Mãe me ensinou sobre JUSTIÇA.
“UM DIA VOCÊ TERÁ SEUS FILHOS, E EU ESPERO ELES FAÇAM PRA VOCÊ O MESMO QUE VOCÊ FAZ PRA MIM! AÍ VOCÊ VAI VER O QUE É BOM!”

Minha mãe me ensinou RELIGIÃO.
“MELHOR REZAR PARA ESSA MANCHA SAIR DO TAPETE!”

Minha mãe me ensinou o BEIJO DE ESQUIMÓ.
“SE RABISCAR DE NOVO, EU ESFREGO SEU NARIZ NA PAREDE!”

Minha mãe me ensinou CONTORCIONISMO.
“OLHA SÓ ESSA ORELHA! QUE NOJO!”

Minha mãe me ensinou DETERMINAÇÃO.
“VAI FICAR AÍ SENTADO ATÉ COMER TODA A COMIDA!”

Minha mãe me ensinou habilidades como VENTRILOQUIA.
“NÃO RESMUNGUE! CALE ESSA BOCA E ME DIGA POR QUE É QUE VOCÊ FEZ ISSO!”

Minha mãe me ensinou a SER OBJETIVO.
“EU TE AJEITO NUMA PANCADA SÓ!”

Minha mãe me ensinou a ESCUTAR.
“SE VOCÊ NÃO ABAIXAR O VOLUME, EU VOU AÍ E QUEBRO ESSE RÁDIO!”

Minha mãe me ensinou a TER GOSTO PELOS ESTUDOS.
“SE EU FOR AÍ E VOCÊ NÃO TIVER TERMINADO ESSA LIÇÃO, VOCÊ JÁ SABE!…”

Minha mãe me ajudou na COORDENAÇÃO MOTORA.
“AJUNTA AGORA ESSES BRINQUEDOS!! PEGA UM POR UM!”

Minha mãe me ensinou os NÚMEROS.
“VOU CONTAR ATÉ DEZ. SE ESSE VASO NÃO APARECER VOCÊ LEVA UMA SURRA!”



'Obrigada' mamãe

segunda-feira, 20 de junho de 2011

A paixão segundo G.H. - Clarice Lispector XVII

" E, como do sonho, o que não te posso reproduzir é a cor essencial de sua atmosfera. como no sonho, a "lógica" era outra, era uma que não faz sentido quando se acorda, pois a verdade maior do sonho se perde. "

A paixão segundo G.H. - Clarice Lispector XVI

" - Não me abandones nesta hora, não me deixes tomar sozinha esta decisão já tomada. Tive, sim, tive ainda o desejo de me refugiar na minha própria fragilidade e no argumento astucioso, embora verdadeiro, de que meus ombros eram os de uma mulher, fracos e finos. Sempre que eu havia precisado, eu me escusara com o argumento de ser mulher. Mas eu bem sabia que não é só mulher que tem medo de ver, qualquer um tem medo de ver o que é Deus.

Eu tinha medo da face de Deus, tinha medo de minha nudez final na parede. A beleza, aquela nova ausência de beleza que nada tinha daquilo que eu antes costumava chamar de beleza, me horrorizava.

- Dá-me a tua mão. Porque não sei mais do que estou falando. Acho que inventei tudo, nada disso existiu! Mas se inventei o que ontem me aconteceu - quem me garante que também não inventei toda a minha vida anterior a ontem?

Dá-me a tua mão. "

A paixão segundo G.H. - Clarice Lispector XV

" Eu já havia abandonado a mim mesma - quase podia ver lá no começo do caminho já percorrido o corpo que eu havia largado. Mas eu ainda o chamava por momentos, ainda me chamava. E era por não ouvir mais a minha resposta, que sabia que me havia abandonado já para fora de meu alcance. "

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Piscar o olho - Tiê

Foi só piscar o olho
E eu me apaixonei enfim
No meio da fumaça
Ele também gostou de mim.
O tempo foi passando
E o nosso amor saiu do chão,
E eu fiquei tão grande
E mastiguei meu coração.
Dessa vez não tive medo
Mesmo assim não disse "sim"
Percebi o percevejo
E deixei cravado em mim.
Só eu sei o que é melhor pra mim
Ás vezes é mais saudável chegar ao "sim"
Chegar ao "sim"
Só eu sei o que é melhor pra mim
Ás vezes é mais saudável chegar ao "sim"
Chegar ao "sim"
No meio da euforia
Aquele alguém me protegia,
Mas não foi por acaso
Que o encanto se quebrou.
O tempo foi gastando
O que não era pra durar.
Como se eu soubesse
Não era amor pra todo dia,
Dessa vez eu tive medo
Mesmo assim eu disse "sim"
Percebi o percevejo
E deixei cravado em mim.
Só eu sei que foi melhor assim
Ás vezes é mais saudável chegar ao "sim"
Chegar ao "sim"
Só eu sei que foi melhor assim
Ás vezes é mais saudável chegar ao fim
Chegar ao fim
Só eu sei que foi melhor assim
Ás vezes é mais saudável chegar ao fim

segunda-feira, 13 de junho de 2011

*-*




Alguém tem duvida que ela seja a melhor?


quinta-feira, 9 de junho de 2011

Parabéns para mim \o/

Pra quem não sabe, ontem foi meu niver!
\o/
Vim agradecer a todos pelo carinho!
Obrigada mesmo, todos vocês são muito importantes pra mim.
Mesmo aqueles que esqueceram ;p - rsrsrs
Desejo que tudo de bom que vocês desejaram pra mim, Deus os dê em dobro!
Amo vocês.
Obrigada pelos sms, ligações, abraços, palavras, presentes & a festinha surpresa com meu antigos e atuais professores, e as duas pessoas essenciais na minha vida, não sei o que seria de mim sem vocês: Patricia & Luan - meus melhores!


Pra terminar deixo a mensagem do cartão:
"Quando você se move no positivo, seu destino é a estrela mais brilhante."

terça-feira, 7 de junho de 2011

Tempos e ventos.


Nos tempos de crise alguém precisa nos salvar.
E se esse alguém não conseguir, a sorte nos ajudará.
Sempre achei que a sorte não andava comigo, porém ela é como o vento, tem sua própria direção. As vezes faz com que nos descabelamos, mas nunca percebemos que é o mesmo que nos emburra pra frente. E disso tudo a única certeza que tenho é que prosseguir é necessário, é uma obrigação pois a vida não prossegue se estamos parados.
A velocidade dos passos não importa, estaremos onde o destino quer que estejamos. Não adianta prosseguir rápido e cansar.
Aprendi a manter o ritmo.

sábado, 4 de junho de 2011

A paixão segundo G.H. - Clarice Lispector XIV

Sou o silêncio gravado numa parede, e a borboleta mais antiga esvoaça e me defronta: a mesma de sempre. De nascer até morrer é o que eu me chamo de humana, e nunca propriamente morrerei.
Mas esta não é a eternidade, é a danação.

A paixão segundo G.H. - Clarice Lispector XIII

Minha vida fora tão contínua quanto a morte. A vida é tão contínua que nós a dividimos em etapas, e a uma delas chamamos de morte.

A paixão segundo G.H. - Clarice Lispector XII

A vida, meu amor, é uma grande sedução onde tudo o que existe se seduz. Aquele quarto que estava deserto e por isso primariamente vivo. Eu chegara ao nada, e o nada era vivo e úmido.

A paixão segundo G.H. - Clarice Lispector XI

Eu hesitava à porta.
Também porque a simplicidade inesperada do aposento me desnorteava: na verdade eu não saberia sequer por onde começar a arrumar, ou mesmo se havia o que arrumar.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

! Hãn ?

Rafaela:
- Aquela lá vai casar solteira!!!

Amanda:
- ! Hãn? :s

2º Selinho


Olá pessoal!
Vim postar mais um selinho ganhado, da Luciana Mira dona do blog: Queira tocar o céu.
Como de costume tenho que indicar mais 5 blogs.
Lá vai:


Obrigada, Beijão ;*