sábado, 4 de junho de 2011

A paixão segundo G.H. - Clarice Lispector XII

A vida, meu amor, é uma grande sedução onde tudo o que existe se seduz. Aquele quarto que estava deserto e por isso primariamente vivo. Eu chegara ao nada, e o nada era vivo e úmido.

Nenhum comentário: