terça-feira, 7 de junho de 2011

Tempos e ventos.


Nos tempos de crise alguém precisa nos salvar.
E se esse alguém não conseguir, a sorte nos ajudará.
Sempre achei que a sorte não andava comigo, porém ela é como o vento, tem sua própria direção. As vezes faz com que nos descabelamos, mas nunca percebemos que é o mesmo que nos emburra pra frente. E disso tudo a única certeza que tenho é que prosseguir é necessário, é uma obrigação pois a vida não prossegue se estamos parados.
A velocidade dos passos não importa, estaremos onde o destino quer que estejamos. Não adianta prosseguir rápido e cansar.
Aprendi a manter o ritmo.

2 comentários:

♥ Luciana Mira ♥ disse...

QUe lindas palavras!

Anne disse...

Profundo,lindo.Amei