terça-feira, 30 de agosto de 2011

Psicologia


"Pois fica decretado, a partir de hoje,
que terapeuta é gente também.
Sofre e chora, ama e sente, e, às vezes, precisa falar;
o olhar atento, o ouvido aberto
escutando a tristeza do outro
quando, às vezes, a tristeza maior, está dentro do seu peito.
Quanto a mim, fico triste e fico alegre,
e sinto raiva também.
Sou carne e sou osso e quero que você saiba isso de mim.
E agora, que já sabe que sou gente,
quer falar de voce pra mim?"
(Claro Feldman de Miranda)

- X -


"Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo.
Não posso abrir-lhe outro mundo de imagens,
além daquele que há em sua própria alma.
Nada lhe posso dar a não ser a oportunidade, o impulso, a chave.
Eu o ajudarei a tornar visível o seu próprio mundo,
e isso é tudo"
(Herman Hesse)

Um comentário:

Jefferson dos Santos Silva disse...

profundo como a própria psicologia.. ☺